Quanto custa habilitação de moto? Conheça os valores e veja como tirar a CNH

Tirar a carteira de motorista é a primeira etapa para andar de moto no dia a dia e curtir aventura em duas rodas. Esse processo envolve exames e aulas obrigatórias que ainda geram muitas dúvidas. Uma das questões mais frequentes é: quanto custa habilitação de moto?

O planejamento para tirar a CNH é muito importante. A pessoa deve calcular todas as etapas juntas, para evitar imprevistos, assim como deixar uma margem no orçamento caso precise refazer os exames práticos.

Dessa maneira, entender quanto custa habilitação de moto é essencial para se planejar e conquistar o sonho de andar de motocicleta. Por isso, a Sportbay preparou este artigo para você saber qual é o valor da habilitação, como tirar a CNH e outras informações relevantes sobre o tema. Confira!

Quanto custa habilitação de moto

A habilitação de moto custa entre R$ 700 e R$ 2500, com valores sujeitos a alterações. Tudo depende de alguns fatores, principalmente se a pessoa já possui CNH e em qual lugar ela reside.

Para tirar a primeira carteira de habilitação, é necessário passar por etapas: exame clínico e oftalmológico; psicotécnico; curso e exame teórico; aulas e exame prático. Cada uma dessas fases possui um valor, sendo as aulas de direção as mais caras.

O exame clínico e oftalmológico costuma ficar na faixa de R$ 140, enquanto a avaliação psicológica (psicotécnico) custa cerca de R$ 180. Esses valores dependem de cada estado do Brasil. Além disso, há a taxa paga ao DETRAN para tirar a primeira carta de motorista

As etapas mais custosas são as aulas teóricas e práticas. Em média, os valores variam de R$ 1000 a R$ 1500 e dependem dos serviços de curso teórico (CFC) e autoescola. Então, é interessante considerar essas informações na hora de calcular quanto custa habilitação de moto.

Tipos de habilitação

MATERIA Quanto custa habilitacao de moto Conheca os valores e veja como tirar a CNH 1 Layout - Sportbay

Para pilotar moto, o condutor precisa possuir a habilitação A, que permite dirigir veículos motorizados de duas ou três rodas, com ou sem lateral. Essa licença permite dirigir motos, motonetas, triciclos e outros veículos dessa categoria.

Se for a primeira vez  tirando a Carteira Nacional de Habilitação, todas as etapas de exames físicos e psicológicos, aulas e provas devem ser realizadas. O condutor também pode optar pela habilitação AB, que inclui os carros. 

Contudo, se o indivíduo já possui a CNH com uma habilitação, como a categoria B, não é necessário realizar as aulas e a prova teórica. Dessa maneira, o condutor pode economizar, realizando a chamada adição de categoria.

Como tirar a primeira habilitação de moto?

Agora que já falamos sobre quanto custa habilitação de moto, vamos detalhar como funciona cada etapa para tirar a CNH do início ao fim. Dessa forma, você pode planejar seu tempo e seu orçamento. Veja as fases:

Exames físicos e psicológicos

Ao dar entrada no processo de tirar a habilitação de moto, a primeira etapa é o exame clínico e oftalmológico. Ele analisa se o condutor tem condições físicas de conduzir um veículo. 

Cabe ressaltar que as pessoas com deficiência (PCDs) também realizam esses exames. Para certificar uma melhor adaptação, o condutor PCD passa por uma junta médica.

A avaliação psicológica, chamada de psicotécnica, é outro exame médico obrigatório que analisa se a pessoa pode prosseguir o processo de obtenção da CNH.

Curso teórico

Para conhecer as leis de trânsito, o futuro motociclista precisa fazer aulas teóricas nos Centros de Formação de Condutores do DETRAN (CFT-DETRAN). A carga horária do curso é 45 horas/aula.

A prova conta com 30 questões de múltipla escolha sobre os cinco módulos do curso: legislação de trânsito, direção defensiva, meio ambiente e cidadania, primeiros socorros e noções de mecânica básica.

É aprovado quem acertar 21 questões, ou seja, 70% do exame. Dessa forma, a pessoa recebe a Licença de Aprendizagem LADV, documento que atesta o conhecimento teórico de direção e obrigatório para realizar as aulas práticas.

Aulas práticas

Após a etapa teórica, o futuro motociclista precisa realizar, no mínimo, 25 horas/aula de prática, junto a um instrutor da autoescola. Além disso, pelo menos 5 horas das aulas serão realizadas, obrigatoriamente, no período noturno.

Caso queira treinar mais antes da prova, a pessoa pode realizar mais aulas, pagando o valor extra para a autoescola. Assim como a prova, as aulas ocorrem em um circuito fechado, e não na via pública.

Exame prático

Portanto, o exame final de direção conta com um percurso em local demarcado, que testa a habilidade em situações como fazer o oito em cones, subir rampas e andar com um equilíbrio satisfatório. A prova possui um tempo calculado para completar o percurso, e o condutor não pode excedê-lo.

Em caso de reprovação, é possível marcar novos exames, mediante pagamento. Caso não seja aprovada no período de um ano, a pessoa perde todo o progresso e terá de reiniciar as etapas para tirar a carteira de moto.

Se for aprovado, o condutor vai receber a permissão provisória, que é uma licença para dirigir. Esse documento tem a duração de um ano, e ele poderá conquistar a CNH definitiva no fim desse período caso não possua ocorrências graves de trânsito.  

Conheça os principais equipamentos para andar de moto

Você já ficou por dentro de quanto custa habilitação de moto e como tirar a CNH. Então, que tal se preparar para andar de motocicleta e curtir aventuras com os melhores produtos de motociclismo na Sportbay?

Aqui você encontra desde peças para sua moto — como aros de roda, guidões e ponteiras — até vestuário completo — incluindo capacetes e botas. Também não se preocupe quanto à distância, porque a Sportbay enrola o cabo e entrega para todo o Brasil!

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA
SPORTBAY EVENTOS