Quanto tempo dura uma relação de moto? Entenda e aprenda os principais cuidados

Saber quanto tempo dura uma relação de moto é fundamental para garantir segurança e boa direção. Por isso, neste guia, saiba identificar sinais de desgaste e a importância da manutenção preventiva. 

Além disso, entenda como saber se a relação da moto está ruim, bem como os cuidados essenciais para prolongar a vida útil da relação, incluindo dicas sobre ajustes, lubrificação e substituição oportuna de peças. Leia até o final!

O que é uma relação de moto? 

O sistema de transmissão secundária, também chamado de relação da moto, é um conjunto de componentes que transmitem a rotação do motor até a roda traseira. Ele é composto principalmente por corrente de transmissão, coroa e pinhão.

Na Sportbay, você encontra diversas opções de kits relação Pro Tork. Eles são uma solução confiável, durável e econômica para os motociclistas. Compostos por uma coroa, um pinhão e uma corrente, eles oferecem todos os elementos essenciais para uma transmissão eficiente e duradoura.

Um desses kits, por exemplo, é o NXR 150 Bros. Fabricado em aço 1023, um material de alta resistência e durabilidade, ele foi submetido a rigorosos testes em condições extremas para garantir sua qualidade. Além disso, sua aplicabilidade abrange modelos como Bros KS/ES dos anos 2006, 2007 e 2008. 

Ainda, há relações com a mesma qualidade para outros modelos. Então, dentre várias opções, você encontra kits para Biz 125 dos anos 2006 a 2010, Biz 100 de 1998 a 2005, Pop 100, Titan 125 dos anos 1983 a 1989 e Sundown Web. 

Quando trocar a relação da moto?

Geralmente, uma relação de moto gasta apresenta uma deterioração visível nas peças. Isso pode incluir dentes danificados na coroa e no pinhão, elos esticados ou corroídos na corrente, ou até mesmo sinais de corrosão e danos estruturais. 

A substituição dessas peças deve ser realizada periodicamente, para manter o desempenho do veículo e garantir a sua segurança. Para compreender quanto tempo dura uma relação de moto, veja os sinais que devem ser observados: 

Desgaste significativo nas peças

Um dos sinais de que é hora de trocar a relação da moto é o desgaste perceptível nas peças. Isso pode incluir dentes arredondados na coroa e no pinhão ou elos esticados na corrente. Um exame visual cuidadoso pode revelar esses sinais, indicando a necessidade de substituição.

Ruídos anormais durante a operação da moto

Ruídos incomuns durante a condução da moto, como cliques, rangidos ou guinchos podem ser indicativos de problemas na relação. Esses sons podem surgir devido ao atrito excessivo entre as peças desgastadas, sinalizando a necessidade de inspeção e possível substituição de cada uma delas.

Dificuldade em engatar as marchas

Um funcionamento suave da transmissão é muito importante para uma condução segura e eficiente, e qualquer resistência ou engate irregular das marchas deve ser abordado prontamente. Logo, se você enfrentar dificuldades ao engatar as marchas, especialmente ao realizar reduções ou trocas ascendentes, pode ser um sinal. 

Trechos irregulares na aceleração

Trechos irregulares na aceleração, onde a moto parece perder potência ou aceleração de forma inconsistente, podem ser um sintoma de problemas na relação. O desgaste excessivo das peças pode resultar em uma transferência inadequada de potência do motor para a roda traseira, afetando o funcionamento geral.

Inspeção visual revelando danos visíveis ou corrosão

Realizar inspeções visuais regulares das peças da relação é essencial para detectar danos visíveis ou corrosão. Danos físicos, como dentes quebrados ou corrosão severa, podem comprometer seriamente a integridade da relação e exigir a substituição imediata para evitar falhas catastróficas durante a condução.

quanto tempo dura uma relação de moto

3 cuidados essenciais para manter a relação da moto

Além da inspeção visual regular, há maneiras de não se surpreender com quanto tempo dura uma relação de moto. Por isso, mantê-la em boas condições é fundamental para garantir um desempenho confiável e prolongar sua vida útil. Aqui estão alguns cuidados essenciais que todo motociclista deve seguir:

1. Preze por uma lubrificação adequada

Manter a corrente de transmissão devidamente lubrificada é essencial para reduzir o atrito entre as peças e prolongar sua vida útil. Use um lubrificante adequado para correntes de moto e aplique-o regularmente de acordo com as orientações da fábrica. 

Se ela estiver bem-lubrificada, pode minimizar o desgaste e o ruído, além de garantir uma operação suave da transmissão e de prolongar o quanto tempo dura uma relação de moto.

2. Saiba realizar os ajustes e regulagens

Verificar regularmente a folga da corrente e fazer os ajustes necessários é uma parte importante da manutenção. Se ela estiver muito frouxa ou muito apertada, pode causar desgaste prematuro das peças e afetar o funcionamento da transmissão. 

Para compreender melhor como fazer isso, consulte o manual do proprietário e obtenha as instruções sobre como ajustar a folga e siga as recomendações do fabricante.

3. Troque as partes danificadas 

Substituir as peças desgastadas ou danificadas prontamente é fundamental para manter a integridade e o desempenho da relação da moto. Se durante uma inspeção você notar sinais de desgaste significativo ou danos nas peças, como dentes gastos ou rachados, é importante substituí-las imediatamente. 

Por isso, não seja negligente, pois saber quando trocar a relação da moto, mas não seguir o momento da substituição, pode levar a danos adicionais e até mesmo a falhas mecânicas durante a condução, colocando sua integridade física em risco. Então, não deixe de trocar as peças quando necessário!

Aprenda mais sobre motos com o Sportbay!

Compreender quanto tempo dura uma relação de moto é importante para o funcionamento e desempenho, transmitindo a potência do motor para a roda traseira. Ao identificar sinais de desgaste e realizar a manutenção adequada, você garante a sua segurança e prolonga a vida útil da relação da moto. 

E para entender ainda mais sobre o universo motorizado sobre duas rodas, leia os conteúdos exclusivos do blog da Sportbay. Não deixe para depois: acesse agora mesmo as melhores dicas sobre a sua moto!

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA
SPORTBAY EVENTOS