O que é vela de ignição? Veja como ela funciona!

Você sabe o que é vela de ignição? Ela é uma parte importante do sistema de ignição de um motor de combustão interna e tem como função gerar uma faísca elétrica que inicia a combustão da mistura entre ar e combustível dentro da câmara de combustão do motor.

Em outras palavras, a melhor forma de responder o que é vela de ignição é: ela dá o “start” no processo de queima do combustível, dando início ao ciclo de explosão que impulsiona o motor. Pense nela como uma pequena faísca mágica que transforma a mistura de ar e combustível em movimento e potência!

Onde está localizada a vela de ignição?

Afinal, onde fica a vela de ignição nas motos? Assim como nos carros, a localização exata pode variar — a depender do modelo específico da moto. No entanto, é comum que as velas de ignição sejam encontradas na parte superior do cabeçote do cilindro.

Para localizá-la, siga os cabos de vela a partir da bobina de ignição. Esses cabos geralmente estão conectados diretamente às velas de ignição. Em algumas motocicletas, especialmente as de menor cilindrada, as velas podem ser mais acessíveis, estando localizadas diretamente na parte superior do cilindro.

Como a vela de ignição funciona?

Você já sabe o que é vela de ignição e que ela desempenha um papel crucial ao fornecer a faísca necessária para iniciar o processo de combustão e manter o motor em funcionamento, certo? Para entender mais sobre ela, detalhamos abaixo o seu processo de funcionamento. 

Criação da corrente elétrica

A primeira etapa para entender como funciona a vela de ignição é saber que ela faz parte do sistema de ignição, o que inclui a bobina, responsável por transformar a baixa voltagem da bateria em alta e necessária para gerar a faísca. A corrente elétrica flui da bateria para a bobina de ignição.

Armazenamento de energia na bobina

A bobina converte a baixa voltagem da bateria em uma alta voltagem. Quando a corrente é interrompida (por meio de um interruptor ou de outro mecanismo), o campo magnético na bobina entra em colapso, induzindo uma voltagem muito alta.

Transferência para a vela

A voltagem elevada é, então, transferida para a vela de ignição. Assim como em um carro, a vela de ignição de uma moto é projetada com um eletrodo central e um eletrodo lateral. A voltagem viaja pelo isolador cerâmico da vela até o eletrodo central.

bp12 1 Sportbay

Geração da faísca

Quando a voltagem atinge um nível crítico no eletrodo central, ocorre uma descarga elétrica na forma de uma faísca. Essa faísca salta a pequena lacuna entre o eletrodo central e o eletrodo lateral, ionizando o ar entre eles.

Ignição da mistura ar-combustível

A faísca é gerada no momento preciso em que o pistão está no topo do ciclo de compressão, comprimindo a mistura entre ar e combustível na câmara de combustão. A faísca inicia a combustão da mistura, expandindo rapidamente os gases e impulsionando o pistão para baixo.

Ciclo de combustão

O movimento descendente do pistão é convertido em movimento rotativo pelo virabrequim, impulsionando a moto para frente. O ciclo de combustão se repete continuamente para manter o motor funcionando.

Quando é preciso trocar a vela de ignição?

Você deve estar se perguntando “quando trocar a vela de ignição?”. A troca é recomendada em intervalos específicos, conforme indicado pelo fabricante da moto no manual do proprietário. Aqui estão algumas situações em que pode ser necessário considerar a troca:

  • quilometragem recomendada: muitos fabricantes recomendam a troca das velas de ignição a cada determinado número de quilômetros rodados. Esse intervalo pode variar, mas costuma estar na faixa de 10 mil a 20 mil quilômetros;
  • problemas de ignição: se você perceber dificuldades na partida da moto, oscilações na marcha lenta, falta de potência ou um aumento no consumo de combustível, a vela de ignição pode estar desgastada ou com acúmulo de depósitos. Nesses casos, é recomendável trocar;
  • desgaste visível: verifique visualmente a vela de ignição. Se os eletrodos estiverem desgastados, a cerâmica estiver rachada ou houver acúmulo excessivo de depósitos, é aconselhável substituir;
  • problemas de combustão: se houver problemas na combustão, como detonação ou pré-ignição, a vela pode estar contribuindo para esses problemas e deve ser inspecionada e possivelmente substituída.

Saiba tudo sobre o funcionamento da sua moto no blog da Sportbay

Agora que você já sabe o que é vela de ignição, que tal se informar mais sobre o funcionamento da sua moto? O blog da Sportbay reúne artigos com diversas informações sobre o universo do motociclismo, incluindo o street e o off-road. Confira! 

O site da Sportbay oferece diversas opções de peças de moto, street e off-road, para você repor ou customizar o seu veículo. Não deixe de conferir o catálogo e pilotar a moto dos seus sonhos!

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA
SPORTBAY EVENTOS