Fadiga muscular: como diminuir a sobrecarga dos músculos durante a prática de motocross

A fadiga muscular é comum entre pilotos, principalmente os de motocross e outras práticas off-road. A experiência em trilhas e terrenos não urbanizados exige muito esforço do corpo. Afinal, a atividade é intensa, desafiadora e cheia de obstáculos. Entretanto, existem formas de praticar o esporte com saúde, diminuindo as dores.

Unindo uma alimentação saudável, treinos com as técnicas corretas, preparação física adequada e descanso após a prática, você consegue pilotar sem sobrecarregar o seu corpo. Quer saber mais sobre esse assunto? Confira o guia da Sportbay!

O que é fadiga muscular?

Antes de mais nada, você precisa entender o que é fadiga muscular. Essa condição temporária acontece quando os músculos não conseguem mais fazer força com eficiência. Ela costuma se manifestar após a prática de exercícios físicos intensos e com esforços repetitivos, como o motocross, por exemplo.

Apesar de ser uma resposta natural do corpo quando os músculos são desafiados, ela pode comprometer o desempenho e, em casos mais graves, aumentar o risco de lesões. Por esse motivo, é importante entender o que causa a fadiga muscular e as estratégias para minimizá-la.

Os sintomas da fadiga muscular podem variar, mas costumam englobar fraqueza e dor nos músculos, cansaço, diminuição da coordenação e das habilidades motoras, sensação de formigamento ou dormência, rigidez muscular e redução na amplitude do movimento. 

Como a fadiga muscular se manifesta em pilotos off-road

A prática de modalidades off-road envolve vários conjuntos musculares, especialmente o das pernas. Isso porque é com elas que os pilotos dominam a moto e mantêm o equilíbrio sobre duas rodas. Por isso, são mais afetadas pelo desgaste muscular.

Entretanto, de acordo com Matheus Zerbatto, piloto de motocross que defende a Pro Tork Racing Team, os braços também sofrem com problemas derivados da falta de técnica durante a prática. “Muitas pessoas andam tensas em cima da moto e apertam o guidão com uma força desnecessária. Isso pode travar os braços e gerar dores nos ombros”, comenta.

Um dos motivos para tamanho desgaste entre pilotos profissionais e amadores é o tempo das disputas. Matheus explica que as competições duram em torno de 20 a 30 minutos com alta intensidade. “Não há nenhum momento da prova em que nós paramos para descansar; são minutos de total explosão”, relata.

Além disso, quando a fadiga muscular se apresenta durante uma competição, pode causar insegurança no piloto. Não apenas por causa do desempenho, mas também pela possibilidade da diminuição dos reflexos devido às dores e incômodos. Como os terrenos são irregulares, uma pequena distração pode causar um acidente.

MATERIA como ser piloto de motocross Layout - Sportbay

Técnicas para diminuir a fadiga muscular nas modalidades off-road

Se você quer saber como evitar a fadiga muscular, existem algumas estratégias que podem ser combinadas para não causar sobrecarga nos músculos durante a prática do motociclismo off-road. A primeira delas é o treinamento físico, em paralelo às técnicas com a moto.

Praticantes de modalidades off-road precisam de treinamentos cardiovasculares (aeróbio e anaeróbio), de força e resistência muscular. Essa combinação vai prepará-los completamente para encarar os desafios da pilotagem, sem forçar os músculos. Sempre procure orientação profissional para os treinos.

Matheus conta que a sua preparação como profissional envolve todos esses aspectos: “Eu tenho uma rotina de exercícios com dias de pedal, de corrida, de academia e de prática com a moto”. Essa rotina é suspensa somente nos dias anteriores às competições.

Os alongamentos também são essenciais. Eles devem ser realizados antes e depois da prática, para possibilitar movimentos mais amplos, diminuir os riscos de lesões e contribuir para a recuperação dos tecidos. Foque as regiões mais usadas, como pernas, braços, antebraços, punhos, ombros e pescoço.

Além disso, os treinos com a moto não podem ficar de fora. Técnicas inadequadas são grandes causadoras de fadiga muscular, especialmente nos músculos superiores e nos braços. O uso das pernas é primordial para o manejo da moto nos saltos e para distribuir melhor o peso pelo corpo.

Após os treinos e competições, o descanso é obrigatório! Ele ajuda a recuperar os músculos e a evitar lesões e dores por esforço repetitivo. 

Alimentação como aliada na redução da fadiga muscular 

O último ponto a ser trabalhado para evitar a fadiga muscular é a alimentação. Ela ajuda a elevar o nível de desempenho do corpo e a recuperação dos músculos. Como a pilotagem off-road exige um alto gasto energético, os praticantes devem ter uma dieta equilibrada. 

Carboidratos complexos

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo. Consumir alimentos ricos em carboidratos complexos, como massas integrais, arroz, batatas e grãos, libera energia gradualmente, o que é ideal para manter a força durante a prática.

Hidratação

Manter-se hidratado é fundamental para prevenir a fadiga muscular. Isso porque a desidratação pode comprometer o desempenho e aumentar a sensação de cansaço. De acordo com Matheus, nos dias anteriores às competições, os pilotos aumentam a ingestão de água.

Proteínas 

As proteínas ajudam na reparação e na reconstrução dos tecidos musculares. Incluir fontes de proteínas magras antes e depois das sessões de pilotagem, como carne magra, peito de frango, peixe e ovos auxilia na recuperação do corpo.

Sportbay: os melhores equipamentos para modalidades off-road

Seja você um piloto amador ou profissional, na Sportbay, é possível encontrar os melhores equipamentos para a prática de modalidades off-road. O nosso catálogo conta com capacetes, kits de trilha, peças para moto e acessórios, além de itens de vestuário, para você pilotar com estilo e conforto.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA
SPORTBAY EVENTOS